quarta-feira, 23 de abril de 2014

Prólogo + Novo lay


Itália, século XVII

Elizabeth tinha seus pulsos amarrados, um em cada extremidade oposta na tábua de madeira. Ela não entendia o porquê de não conseguir se libertar, o ferro nunca fora um empecilho para ela, mas sabia com clareza agora que não estava lidando com um inimigo qualquer. O material deveria ter sido modificado para ser forte o suficiente contra suas tentativas de fuga.
Seus cabelos estavam emaranhados, grudados com o suor de seu rosto. Seus dentes apertados enquanto ela grunhia de frustração. Elizabeth não conhecia aquele homem que a estava encarando do outro lado do celeiro com um sorriso perverso de vitória no rosto, porém, obviamente, ele sabia quem ela era. O ambiente podia cheirar a fezes de cavalo e outros animais, mas o  odor liberado dele era bem maior, ela sabia que se tratava de um lobo. O fato de estar se escondendo da lua em uma sombra distante só confirmava sua teoria.
O vestido da moça estava rasgado e completamente sujo, apesar de isso não ser mais uma novidade para ela. A princesa da Itália havia sido acusada de vampirismo por um dos aldeões no dia anterior e fora condenada à forca, como se isso fosse matá-la.
Logan, seu amante secreto havia sido preso com ela por sua raça também ter sido descoberta. O rapaz mudava de forma durante a lua cheia. Não havia jeito de escapar, os soldados tinham uma mira impecável e usaram as estacas de madeira. Por sorte não acertaram no coração e Logan conseguiu escapar, teletransportando-se para pedir ajuda e resgatar Elizabeth. Ele prometera que voltaria, mas seu tempo já havia se esgotado, pois ela fora capturada por este lobo do qual não conhecia.
- Me solte! - implorou - O que quer de mim?

O homem levantou os olhos dos próprios pés e encarou a princesa.
- De você? Nada. Apenas o privilégio que lhe foi dado ao não se transformar toda lua cheia.

Elizabeth não entendeu. Mas quando duas figuras cruzaram o portão de entrada seu coração disparou. Era Logan. Ao lado de outro homem que era exatamente igual a ele, distinguindo as diferenças pelo olhar, pois um faiscava satisfação por vê-la presa, e o outro parecia tão angustiado quanto ela.
Seus olhos se encontraram. E ela se encheu de esperança que ele pudesse combater os dois rebeldes e libertá-la dali.
- Logan! - ela chamou - Pelos céus, ainda bem que está aqui.
- Eu sinto muito... - ele sussurrou. Ela o encarou, confusa.
- Pelo o quê? Viestes me salvar, não?

O lobo que a raptou das masmorras de seu pai riu. Uma gargalhada zombeteira que Elizabeth não pôde deixar de se sentir tola por não entender o que estava acontecendo.
- Ele não vai, criança. Logan apenas se aproveitou de você esse tempo inteiro. E você, como uma menina boba, caiu por seus encantos.

A princesa olhou novamente para seu amante que devolvia seu olhar decepcionado, como se não pudesse desfazer as palavras do outro lobo, mas que se arrependesse por elas. Então era verdade. Ela havia sido iludida. Mas para quê? Com que propósito?
Os soldados do palácio logo perceberiam no dia seguinte que a forca não funcionaria e a jogariam na fogueira, não é? Por que a raptaram se eles já fariam o que todos no reino desejavam assim que descobriram sua verdadeira natureza? Não fazia o menor sentido.
E como se lesse seus pensamentos, o lobo com a aparência igual a do Logan continuou.
- Vocês, vampiros, apenas são uma espécie avançada, semelhante aos humanos, mas não são como eles. Vocês se alimentam de sangue, sangue da própria raça, porém do sexo oposto. Você, minha cara, é a umas das poucas vampiras solitárias que ainda se alimenta de sangue humano porque ainda não encontrastes um macho com quem procriar. Escolhestes meu irmão - ele apontou para Logan - para compartilhar seus momentos de carinho. - então riu levemente balançando a cabeça - Péssima decisão. Um aldeão infeliz acabou por assistir suas travessuras, não? Então fostes jogada na masmorra, acusada de vampirismo e condenada à forca.
- O que isso tem a ver com vocês? - ela estava começando a se irritar. Como os lobos poderiam saber tanto sobre ela?
- Pergunta interessante. - disse o outro - Mas logo você saberá. Ian, deite-se na maca, e acho melhor você amarrá-lo com as cordas de verbena, Logan. - ordenou e os gêmeos, ela deduziu, obedeceram.
- Por que as cordas, Diego? - Logan perguntou enquanto amarrava o irmão.
- Não sabemos quais serão os efeitos colaterais quando o sangue estiver drenando nas veias dele. Hoje é noite de lua cheia, amigo!

Elizabeth estremeceu. Diego mexia em um tipo de painel esquisito do qual ela não fazia ideia de pra quê servia. Então, ele conectou tubos aos seus braços e pernas por agulhas, que, se fosse ao menos uma, não causaria muito efeito na pele dela, mas como eram doze, a princesa fechou os olhos com o cenho franzido pelo incômodo do momento.
Logo depois, Diego voltou ao painel e apertou um botão, imediatamente a tábua onde Ian se deitara se inclinou e ficou na diagonal, de frente para a lua, como Elizabeth.
Como uma reação colateral a isso, Ian começou a se contorcer, transformando-se. Seus ossos estavam se quebrando e isso era audível.
Os olhos azuis da princesa se voltaram para Logan, desesperados. Sua pele, que já era pálida e delicada, estava quase perdendo o pequeno rubor que ainda restava. Os cabelos, escuros como a noite mais sombria, faziam um enorme contraste com sua palidez.
Logan se escondeu em uma sombra, completamente acorvadado com a cena e, naquele instante, ela sentiu nojo de si mesma por ter se envolvido com ele.
Ela percebeu rapidamente que seu sangue começava a se esvair de seu sistema e entrar no corpo de Ian, pelos tubos que foram conectados nele do mesmo jeito que foram nela. Então, cada vez mais fraca, a visão de Elizabeth foi escurecendo, e ela se viu morrendo, até que o processo terminou e seu corpo já não se mexia.
- Funcionou? - Logan perguntou, tentando esconder a vergonha que sentia por não ter sido capaz de salvar sua amada.
- Eu não sei... - Diego sussurrou perante a visão de Ian desmaiado - Devemos esperar.

Minutos depois os olhos do lobo se abriram subtamente, verdes, transformados. Não era possível, era para o sangue da vampira ter neutralizado seu genes. Algo estava terrivelmente errado. Diego e Logan se apavoraram diante de Ian rasgando as cordas com verbena, a ira derramando de seus olhos enquanto ele respirava, ofegante. Sua pele, rasgando, sendo substituída por grossos e selvagens pelos sombriamente negros. Então, finalmente livre, ele rugiu, sedento por sangue.

FINALMENTE \o/ \o/
Gostaram? Não? Ok... kkkk, brinks! E o novo lay, ficou bom? Quanto ao menu eu vou ver se acho outro porque esse não parece funcionar direito, mas as páginas já estão atualizadas, se caso quiserem ver como são os personagens! :D
Beijos

8 comentários:

  1. Amei amei amei.
    O Prologo deixou um gostinho de quero mais.
    E o Layout? Está perfeito.

    ResponderExcluir
  2. Heeey brother! Ta nanana... Heeey sister! Kkk
    Não lembro direito do primeiro prólogo, mas acho que não mudou muita coisa né?
    Eu sabia que não devia desistir do meu sonho de ler damned blood o/ kkk
    A Elizabeth e a Amy são muito parecidas! Geeentem! E as duas têm vozes perfeitas u.u
    Falando em voz... e aí, postou mais algum video? I want more!
    Não tenho muito mais o que falar, só posta logo!
    Beijoss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwnn sister! *--*
      Muita coisa, mas não tirei a essência! ;)
      kkkk eu também não queria desistir dessa história!
      verdade kkkk eu peguei algumas fotos e decidi que a Amy era perfeita pra ser a Elizabeth e a Liz perfeita pra Ammy! kkkkkkk
      Não, amore, to com planos pra uma música, mas ainda não é nada certo. Postado \o/
      Beijoos

      Excluir
  3. Ah, o cara que você colocou como Mike é meu namorado... Okay, é o cara que eu queria que fosse meu namorado -.- o nome dele é Brant Daugherty ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk obrigada pela informação e sim, ele é muuuiiitooo gato!Haha

      Excluir
  4. Minhaaa flor do cerradooo
    simplesmente adorei tudoo
    ta de parabéns.
    posta logooooo
    beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Owwnn, obrigada meu amore! <33
      Postado! :D
      beijoos

      Excluir

O que você achou? :)

 renata massa